Yara

A Yara

O desenvolvimento da empresa está enraizada na empresa norueguesa industrial Norsk Hydro, que data início em 1905.

Foi quando os industriais Sam Eyde, Kristian Birkeland e Marcus Wallenberg exploraram os grandes recursos energéticos hidrelétricos da Noruega para produzir o primeiro produto importante da empresa: os adubos minerais, que atraíram a atenção de todo o mundo, uma vez que permitiram que os agricultores aumentassem os seus rendimentos.

Décadas mais tarde, depois da Norsk Hydro ter se expandido em uma vasta gama de empresas de fertilizantes, óleo e metais, a divisão dedicada principalmente aos produtos agrícolas e coprodutos foi desmembrada em sua própria entidade independente.

A Yara International ASA estreou na Bolsa de Valores de Oslo em 2004.

A Yara no Brasil

A Yara iniciou no Brasil em 1977, ainda como Norsk Hydro, com escritório no Rio de Janeiro (RJ).

Porém os negócios começaram a prosperar em 2000 com a aquisição da Adubos Trevo, e o estabelecimento da sede em Porto Alegre (RS).

Em 2013, a Yara consolidou sua liderança no mercado brasileiro de fertilizantes

O Brasil emergiu como uma potência agrícola mundial sendo o principal produtor da América do Sul, melhorando a produtividade, cobrindo as necessidades internas e abastecendo o mundo com alimentos e matérias-primas.

O Brasil é o maior mercado único da Yara. A nossa presença cobre uma grande parte da cadeia de valor, estendendo sobre grande parte deste enorme País.

O Brasil consome mais de 30 milhões de toneladas de fertilizantes minerais por ano – cerca de 6% do total mundial. A Yara é o principal fornecedor de soluções de nutrição de culturas para o mercado brasileiro.

A história da Yara no Brasil iniciou em 1977, ainda como Norsk Hydro, com escritório no Rio de Janeiro (RJ). Naquela época, o foco era a comercialização de fertilizantes para fertirrigação.

Os negócios prosperaram em 2000 com a aquisição da Adubos Trevo e estabelecimento da sede em Porto Alegre (RS).

Em 2006, a Yara adquiriu também a Fertibrás e assumiu a segunda posição no mercado nacional.

Em 2013, a Yara consolidou sua liderança no Brasil com a aquisição do negócio de fertilizantes da Bunge, duplicando o número de colaboradores no País e representando cerca de 30% da operação mundial.

Com sede em Porto Alegre (RS) e escritório em São Paulo (SP), a Yara possui duas fábricas em Rio Grande (RS), uma fábrica em Ponta Grossa (PR), 32 unidades misturadoras e um centro de distribuição, localizados nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Maranhão e Paraná.

Em uma das fábricas em Rio Grande (RS), que chega a produzir 800,000 toneladas de fertilizantes minerais por ano, há uma peculiaridade ao combinar produção e mistura de fertilizantes, além do porto para logística de produtos.